Tratamentos

A M. & M. David Clínica – Psiquiatria, Psicoterapia e Grupanálise está especializada no tratamento para as seguintes psicopatologias: Ansiedade, Fobias, Pânico, Obsessão e Compulsão, Perturbação Conversiva e Dissociativa,  Depressão, Doença Bipolar, Doenças Psicossomáticas, Perturbações do Controlo dos Impulsos, Perturbações do Sono, Alcoolismo, Toxicodependências, Neuroses, Psicoses, Esquizofrenia.

Serviços e Modelos Terapêuticos

Clínica de Saúde Mental e Psiquiatria:

  • Psiquiatria Geral. Tratamentos Medicamentosos ou não em que se incluem as Avaliações Médicas e Psiquiátricas
  • Programas Específicos para os mais diversos Problemas Emocionais e Relacionais
  • Tratamento Combinado e por Etapas para Adicções TCE® (Toxicodependências) — (Metodologia de tratamento, maioritariamente em ambulatório, com recurso a Apoio e Intervênção Familiar (Estratégica-Estrutural) com Prescrições Familiares, Consultas Médicas e Psiquiátricas, por tempos terapêuticos e com recurso a medicação para Desintoxicação e/ou Aversiva (em casos determinados) e ainda Controlo dos Consumos, por períodos planeados. Objectivos Terapêuticos claros (Abstinência Sustentada e Reabilitação Psico-social e Familiar, etc.)
  • Tratamentos Combinados e por Etapas para Adicções TCE® (Alcoolismos) — (Metodologia similar com adaptações para esta doença aditiva grave)
  • Tratamentos Combinados para Tabagismo (Preparação prévia e Informação + Desintoxicação com eventual medicação ou outra intervênção + apoio psicológico personalizado)

Clínica de Psicoterapias:

  • Psicoterapias Individuais de inspiração Psicanalítica
  • Psicoterapias de Grupo de inspiração Grupanalítica
  • Grupanálise (Processo de Intervênção Grupal para Análise Psicológica em Profundidade)

Unidade de Prevenção e Reabilitação:

  • Prevenção da Doença e Promoção da Saúde
  • Doenças Crónicas
  • Formação em Saúde Mental

A M. & M. David Clínica – Psiquiatria, Psicoterapia e Grupanálise está especializada no tratamento para as seguintes psicopatologias:
Diagnóstico Sintomas:
Perturbação de Ansiedade Generalizada Ansiedade, Ânsia ou Nervosismo intenso designa uma situação clínica muito frequente em que uma pessoa se sente ansiosa quase sempre durante pelo menos 6 meses seguidos, antecedendo, momentos de perigo imaginários na sua vida quotidiana podendo ou não ser acompanhadas por sensações corporais, mais ou menos desagradáveis, tais como, sensação de vazio no estômago, coração batendo muito, aperto no tórax, transpiração profusa, sensação de desmaio, nó na garganta, etc.
Fobias Medos Exagerados ou mesmo Irracionais relacionáveis com situações particulares, tais como atravessar Pontes, andar de Avião, de Metro, de Comboio, ou atravessar praças ou espaços fechados ou pequenos ou ainda de animais ou mesmo de objectos (facas, tesouras).
Pânico Sensação Insuportável de falta de Ar ou de Respiração bloqueada, acompanhada ou não, por sensação iminente de asfixia ou de morte. Também está ligada a situações de ansiedades intensas e/ou generalizadas.
Obsessão e Compulsão Sintomas psiquiátricos que aparecem em certos quadros psiquiatricos (neuroses, psicoses afectivas ou outras) os quais que se caracterizam por pensamentos recorrentes e intrusivos (não desejados) (Obsessões) no processo normal do acto de pensar e/ou comportamentos repetitivos (Compulsões) que compelem uma Pessoa a desencadear actos ou comportamentos do tipo: enxaguar as mãos, contar, verificar, limpar, os quais podem-se tornar em Rituais que podem promover um alívio temporário e não realizá-los aumentará significativamente a Ansiedade.
Perturbação Conversiva e Dissociativa Situação muito frequente e comum em que surgem certos fenómenos psíquicos e físicos, em resultado de descargas intensas e por vezes violentes de estados de ansiedade e ou excitabilidade psíquica. Na Perturbação Conversiva ocorre, essencialmente, uma conversão destas descargas de energia psíquica, sobre partes de Corpo, permitindo que hajam alterações no reconhecimento do esquema mental do seu próprio Corpo. Na Perturbação Dissociativa ocorre fundamentalmente, uma violenta descarga dessa energia psíquica inconsciente, ocasionando sintomas físicos e/ou psíquicos decorrentes de estados de dissociação dos hemisférios cerebrais (direito e esquerdo).
Depressão Situação clínica caracterizada por humor triste, choro e/ou cansaço fáceis, emocionalidade, desinteresse pelas suas actividades do dia-a-dia, dificuldades em tomar e manter as suas decisões, dores difusas (musculares). Podem ser manejados por meios somente psicoterapêuticos ou mistos com recurso a alguma medicação antidepressiva, ansiolítica e eventulmente hipnótica e ou calmante.
Doença Bipolar Doença Psiquiátrica bastante frequente. Trata-se de um conjunto de quadros clínicos diferentes (Tipo I, Tipo II, TipovII1/2, Tipo III, Tipo IV, etc.) nos quais existem claras flutuações dos estados de humor que vão desde os estados maniformes e hipomaníacos alternando com estados sub-depressivos ou claramente depressivos com ou sem sintomas psicóticos associados. Tem manejamento clínico com eventual bom controlo clínico desde que devidamente medicado e acompanhado psiquiatricamente e com eventual acompanhamento psicoterapêutico individual ou em grupo.
Perturbações de Somatização Situações Clínicas Polimorfas, em que os sintomas físicos derivam de níveis de ansiedade e/ou angústia (vivencia psíquica da ansiedade) com origem em sofrimentos psíquicos, de longa duração, cujo origem reside na parte inconsciente ou irracional do seu Aparelho Psíquico ou Mente.
Perturbações do Controlo dos Impulsos Compreende um conjunto de diagnósticos distinguíveis, nos quais se incluem: Perturbação de Desafio-Oposição, Perturbações da Conduta, Perturbação de Hiperactividade com/sem Déficit da Atenção e a Perturbação Explosiva Intermitente.
Alcoolismo Trata-se de situações de uso excessivo ou de abuso compulsivo de bebidas alcoólicas, para as quias se desenvolveram rirmos e estilos de vida que reforçam e mantêm os níveis elevados de consumo. Mais de 1 lito de vinho diário ou equivalente poderá ser problemático, Atenção às bebidas destiladas! NUNCA MISTURAR ALCOOL com SUBSTÂNCIAS PSICOACTIVAS! Grande Perigosidade (Risco de Vida).
Toxicodependências Trata-se do uso, abuso e/ou compulsão na tomada de certas substãncias químicas usadas inicialmente com fins recreativos e “libertadores” da psiqué, seja porque que via (oral, nasal, endovenosa, etc.) com as quais se desenvolvem situações clínicas com sinais de dependência psíquica e/ou física, ao fim de algum tempo de uso ou após algumas doses ingeridas, dependendo somente da potência aditiva da(s) substância(s) em questão (haxixe, anfetaminas, metanfetaminas, exctasy, cocaína, heroína, benzodiazepinas, etc.).
Neuroses São um conjunto de perturbações caracterizadas por dificuldades psicológicas e do foro emocional, associadas ou não com culpabilidades excecissvas, níveis de Angústia, alterações no auto-conceito, com tendência para a ansiedade e/ou a depressividade, o isolamento. Revelando quase sempre significativas dificuldades inter-relacionais numa ou mais das seguintes áreas: Familiares, Profissionais e Sociais. A ajuda passa essencialmente por um processo de Psicoterapia Psicanalítica Individual e/ou em Grupo (Grupanálise). Tratam-se das técnicas psicoterapêuticas com os melhores resultados.
Esquizofrenia

Sindroma Clínica que apresenta 3 extensas categorias:

Sintomas Positivos que são essencialmente, sintomas psicóticos, do tipo alucinações, delírios e outras alterações do pensamento e ainda com alterações dos movimentos;

Sintomas Negativos que compreendem um afecto plano, falta de prazer, incapacidade de iniciar e suster actividades palneadas, falar pouco;

Sintomas Cognitivos que são sintomas subtis em áreas, tais como, o “funcionamento executivo” da mente que se revela empobrecido isto é incapacidade em usar a informação para entender situações e para tomar decisões adequadas, dificuldades em focar e manter a atenção e ainda problemas com a “memória de trabalho”, etc.

Estas Pessoas necessitam de tratamento médico psiquiátrico continuado e apoio psicológico individual e/ou de grupo, se assim o desejarem, podendo obter um bom controlo clínico da doença, assim como manterem os seus níveis de funcionamento, na maioria dos casos, por longos períodos de tempo e mesmo até ao fim das suas Vidas.

Outras Psicoses Comprendem um conjunto de diagnósticos clínicos que não incluem os anteriores. para além de algumas situações com início na infância, elas compreendem plelo menos: a Perturbação Delirante Crónica, a Perturbação Psicótica Breve, a Perturbação Esquizofreniforme, a Perturbação Esquizo-afectiva e a Perturbação Psicótica Partilhada.
Perturbações Cognitivas: Delirium e Demências Perturbações psiquiátrica que podem ocorrer antes dos 65 anos de idade e que estão ligadas a alterações cognitivas significativas, nomeadamente, atenção, concentração, retenção, déficit nas diversas memórias, acompanhadas ou não de alterações do comportamento e do controlo das emoções e dos impulsos. Elas compreendem: um grupo designado de Delirium de origem diversa, maioritariamente, tóxica (fármacos, drogas ou infecções) ou por outros tipos de lesões cerebrais e um outro formado por diferentes tipos de Demências: Demência por Multi-Enfartos, Demência associada ao Álcool, Demência de Tipo Alzhmeir e outras Demências.

Acordos: